esmalteria

EsmalteriaClub encerra operações e compartilha um grande aprendizado

Mês passado, notificamos aqui o fechamento do clube Rabixo, um dos mais conceituados e famosos do país. Nesse texto, informamos o encerramento de outro clube de assinaturas muito legal: o EsmalteriaClub.

Desde 2013, o clube entregava em casa, kits exclusivos com esmaltes. Era um dos mais amados pelas mulheres e foi um grande pioneiro no ramo de cosméticos. Falamos com os fundadores sobre os principais motivos do fechamento do clube. E o aprendizado é muito rico. Especialmente para nós.

“É triste ver a quantidade de clubes de assinatura que nasceram apenas para serem cópias de outros, não acrescentando nenhum diferencial ao modelo ou ao mercado.”

O encerramento do clube de assinaturas

O Guto, o Luiz e o Eduardo, fundadores do clube (sim, eram homens que gerenciavam o clube) falaram com a gente e deixaram uma verdadeira aula sobre a gestão de um e-commerce, especialmente um negócio de assinaturas.

Leia.

1. Qual foi o maior desafio do clube?

Acredito que o nosso maior desafio foi o de realmente mostrar que poderia existir uma nova forma de consumir os produtos que trabalhávamos. E mais do que tudo, de que realmente poderíamos criar um conceito de clube de assinatura que trouxesse alguns diferenciais para o mercado, sem esquecer que realmente estávamos trabalhando, fortalecendo uma marca e não um determinado tipo de produto. É triste ver a quantidade de clubes de assinatura que nasceram apenas para serem cópias de outros, não acrescentando nenhum diferencial ao modelo ou ao mercado.

2. Qual foi o principal item que motivou o fechamento?

Acredito que mais do que tudo, sofremos não só com o desaquecimento do mercado para os itens que trabalhávamos. Para contextualizar, vivemos, no início do clube (2012), um período bem interessante para o mercado de esmaltes, onde cada vez mais, marcas investiam não só no item específico, como também colocavam no mercado, produtos diferenciados (a nossa linha principal de produtos trabalhados). E existiam vários lançamentos por ano. Nos últimos anos vimos não só a diminuição de lançamentos, como também o não lançamento de novos produtos diferenciados. Por exemplo: os lançamentos se resumiram a 1 por ano e muitos deles estavam focados não só em esmaltes mais básicos, como também as marcas optarem por produtos com margem maior de lucro, como produtos para cabelos e afins.

Vimos o fechamentos de várias marcas e uma certa escassez nos itens diferenciados, visto que muitos deles eram produzidos com insumos importados e com a consequente alta do dólar. Eram constantes as mudanças de valores desses produtos nacionais, seja de produtos que utilizavam esses insumos, como também produtos importados.

3. Qual a principal dica (que vocês dão) para que empreendedores do segmento possam absorver?

“Faça mais com menos.”

Estude constantemente sua base de clientes para entender o que de fato eles querem e cruze os dados para obter inteligência que auxilie sua tomada de decisão. A minimização de “achismos” é uma grande vantagem competitiva e que traz reduções absurdas de desenvolvimento e faz seu projeto/produto evoluir baseado nas expectativas reais de seus clientes. Essa foi uma importante lição que aprendemos com Yuri Gitahy, a quem temos uma enorme consideração como profissional e como pessoa e que hoje levamos pra vida.

“Faça mais com menos”

E se ainda temos espaço para mais alguma dica, essa levamos para a vida: Tente, ouse, busque inovar e trazer diferenciais para seus produtos e empresas, sempre. Continuamos o caminho com a Communicatti (communicatti.com) e a inovação está no nosso DNA. O desafio de trazer algo diferente para o mercado é o que nos fascina e nos move. Procuramos sempre inserir a inovação como parte fundamental do processo.

É estar se reiventando todo dia, na vida e nos negócios.  

4. Qual maior conquista que tiveram a frente de um negócio de assinaturas?

Dizemos sempre que a EsmalteriaClub foi um grande laboratório, onde desenvolvemos muitas subplataformas que nos auxiliaram, nos ensinaram a entendermos nosso público e mudarmos nossa mentalidade. Aprendemos com a EsmalteriaClub e com as pessoas que nos ajudaram em nossa jornada, o quanto podermos chegar mais longe, e ter uma alta assertividade, cruzando dados e evoluirmos sempre um novo produto / projeto baseado em dados e não mais em achismos. A cada novo projeto, seja próprio ou terceirizado, pensamos o quanto podemos fazer mais com menos recursos e como entregamos mais valor aos clientes imaginando sempre o projeto / produto como um ser vivo que tenha sempre uma evolução contínua.

Resumindo, nossa maior conquista foi o aprendizado que tivemos com o clube de assinatura que nos fez evoluirmos mais como profissionais e como empresa.

Valeu Esmalteria!

Mapa dos clubes de assinatura

Tem um clube de assinaturas e quer ajudar no Mapa dos Clubes de Assinaturas? Clique aqui.

clubes de assinatura

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *